BENEFÍCIOS DO ROSÁRIO: VIRTUDES QUE APRENDEMOS COM ESSA ORAÇÃO

CAPELA DE ORAÇÃO

Quer ser mais humilde, obediente e ter mais desapego? Então reze mais o ROSÁRIO e desenvolva essas virtudes cristãs

Os benefícios do Rosário são inúmeros. Como já sabemos, esta é uma oração que nos aproxima de Deus. Na verdade, também podemos chamar o Rosário de “pregador? Por quê? Porque ele nos ensina algumas virtudes cristãs.

No livro The Rosary Guide for Priests and People (“O Guia do Rosário para Padres e Leigos”), o Pe. John Proctor diz que o Rosário “é um pregador, além de um professor. Como professor, diz à pessoa em que ela deve acreditar; como pregador, revela o que ela deve fazer… Leva o homem ao conhecimento da vida de Cristo, e, então, ao seguimento de seus caminhos, à prática de suas virtudes, à imitação de sua vida entre os homens.”

O Rosário, portanto, não só nos ensina a virtude através da meditação sobre a vida de Jesus Cristo, mas também através da vida da Virgem Maria. Diz o sacerdote: “O Rosário nos revela, para nosso encorajamento, Maria como o modelo de todas as virtudes”.

Proctor propõe, então, três virtudes que todos nós podemos aprender através da oração do Rosário. São elas:

HUMILDADE

Ao longo dos mistérios do Rosário, a humildade permeia cada dezena. Diz o livro já citado:

“A humildade é o alicerce de nosso edifício espiritual, sem o qual, como um templo louco, deve cair. Você a encontra em cada dezena. A Encarnação é o mistério da mais profunda humildade – o Mais Alto se torna o Mais Baixo, o Maior o Menor, o Onisciente uma Criança, o Deus Poderoso um Bebê fraco … Nos mistérios Dolorosos tudo é humildade – do Jardim à Montanha, um ato de profunda humildade e humilhação. Mesmo nos triunfos, comemorados nas dezenas gloriosas, você medita sobre a exaltação do Humilde. Maria também se revela como a humilde serva do Senhor”.

OBEDIÊNCIA

Já a obediência é uma virtude difícil para aprender. Mas também conseguimos fazer isso através da oração do Rosário:

“A obediência é para os mistérios do Rosário o que o fio é para a teia. Nosso Senhor veio – por quê? ‘Por que devo fazer a tua vontade, ó meu Deus’. ‘Não a Minha vontade, mas a Tua seja feita’ era o lema da vida divina na Terra.”

DESAPEGO

Entre os benefícios do Rosário está o desenvolvimento da virtude do desapego e pobreza de espírito:

Bem-aventurados os pobres de espírito, disse Jesus. Porém, antes de pregar por palavra, ele pregou dando exemplo de vida… Certamente, tudo isso que conquistou o coração de São Francisco, significou o casamento e a fidelidade à Senhora Pobreza”.

Portanto, da próxima vez que você rezar o Santo Rosário, lembre-se de meditar sobre essas virtudes.
Texto: Philip Kosloski – Aleteia