QUATRO MEDITAÇÕES ESPECIAIS PARA A SEMANA SANTA

SEMANA SANTA

Nesta semana, é importante tirar um tempo para refletir sobre o sacrifício de amor de Jesus

A Semana Santa é um tempo belo e importante do calendário litúrgico. Entretanto, muitas vezes não aproveitamos a oportunidade para parar e meditar sobre os eventos profundos que aconteceram há cerca de 2.000 anos.

Desejamos a Páscoa e nos esquecemos daqueles dias fatídicos que levaram a ela. Por isso, é importante pararmos por um momento esta semana para refletir sobre o sacrifício de amor de Jesus e enxergar a preciosidade seu sofrimento.

Aqui estão quatro meditações especiais que podemos fazer durante a Semana Santa, a fim de mergulharmos no profundo amor que Deus tem por nós.

MEDITE SOBRE O AMOR DE DEUS COM ESTA ORAÇÃO AO PRECIOSO SANGUE DE JESUS

Reze conosco a oração preparada para o mês de julho, pedindo que sejamos purificados pelo Preciosíssimo Sangue que brota das Santas Chagas do Senhor:

Senhor Jesus, das Tuas Santas Chagas brotou o Teu Preciosíssimo Sangue como fonte de vida eterna.
Derrama, Senhor, Teu Sangue sobre nós e purifica os nossos pensamentos e ações.
Purifica-nos, Senhor, de todo desejo do pecado. Dá-nos a virtude da retidão e a pureza do corpo e da alma.
Com Teu Preciosíssimo Sangue, cura-nos da tristeza, da depressão, do medo e de todas as enfermidades físicas e espirituais.
Acolhe-nos na Chaga do Teu lado aberto e protege-nos das pandemias, das doenças contagiosas e dos acidentes.
Senhor Jesus, derrama o Teu Precioso Sangue em nossas famílias, nosso ambiente de trabalho e livra-nos das desavenças, da inveja e de tudo que possa nos prejudicar.
Na presença de Tua Mãe, Nossa Senhora do Carmo, clamamos o Poder do Teu Sangue Redentor.
Lava-nos, Senhor.
Purifica-nos, Senhor.
Liberta-nos, Senhor.
Amém.

O Sangue de Cristo representa a sua vida humana e divina, de valor infinito, oferecida à Justiça divina para o perdão dos pecados de todos os homens de todos os tempos e lugares. Quem for batizado e crer, como disse Jesus, será salvo (Mc 16,16) pelo Sangue de Cristo.

MEDITE SOBRE ESTA CENA BÍBLICA QUANDO VOCÊ SE SENTIR SÓ

Viver em um mundo decaído, muitas vezes, significa experimentar a rejeição e traição daqueles que mais amamos. Pode ser difícil de suportar e, como resultado, podemos nos sentir não amados e totalmente sozinhos.
É nessas horas, portanto, que Jesus quer nos transmitir uma mensagem de amor. E há uma cena específica na Bíblia que pode nos trazer consolo e paz.
A cena pode proporcionar horas de oração. É uma passagem do Evangelho de João que apresenta o breve momento em que o “discípulo amado” de Jesus repousa sobre seu peito durante a Última Ceia:

Um dos discípulos, a quem Jesus amava, estava à mesa reclinado ao peito de Jesus. Simão Pedro acenou-lhe para dizer-lhe: ‘Dize-nos, de quem é que ele fala’. Reclinando-se esse mesmo discípulo sobre o peito de Jesus, interrogou-o: ‘Senhor, quem é?’” Jo (13, 23-25).

A SANTA FACE DE JESUS              

Você já meditou sobre Santa Face de Jesus? Você pode usar uma imagem de Jesus em seu estado glorioso ou pode ser uma imagem de Jesus sofrendo na cruz, por exemplo.

A Santa Face de Jesus pode ter um efeito profundo em nossa vida espiritual, à medida que insistimos em seu amor por nós.

Muitos artistas nos forneceram várias maneiras de ver Jesus sofrendo durante sua Paixão e Morte. Essas representações podem criar em nós emoções de compaixão e amor, levando-nos ainda mais fundo no mistério pascal.

UM EXERCÍCIO ESPIRITUAL PARA A SEMANA SANTA

A imaginação é uma parte poderosa de nossa mente humana e Santo Inácio Loyola também encorajou outras pessoas a retratar os acontecimentos dos Evangelhos e a nos colocar em cena, reconhecendo cada pequeno detalhe que nos chama a atenção.

Então, se você não sabe como meditar, nesta Semana Santa tente este exercício simples. Em particular, ele explica um exercício simples, perfeito para uma meditação matinal:

Vamos, em cada dia da Semana Santa, seguir [Jesus] em nossas mentes e, silenciosamente, desenhar uma imagem interior dEle em algum momento de Sua Paixão. Vamos tentar pensar nisso de manhã e fortalecer [esse pensamento] diante dos olhos de nossa mente. Voltemo-nos para Ele e o contemplemos em silêncio e humildade… Nenhum de nós jamais ouviu ou leu os Evangelhos desta semana com alguma atenção [e] tem uma espécie de imagem em sua mente, mais ou menos distinta, da coroa de espinhos, da túnica roxa, dos soldados cuspindo e curvando os joelhos em zombaria, a Cruz colocada sobre Nosso Senhor, Seus pés e mãos sagrando, tão cruelmente presos a ela, o vinagre de oferendas, o inclinar de cabeça, o grito alto… o soldado perfurando Seu lado… Agora, que temos a a imagem de todas   essas coisas indizíveis em nossa mente… vamos nos concentrar nelas… Tendo isso em mente, vamos realmente tentar, nesta semana de nossas vidas, ter Cristo e Sua Cruz constantemente diante de nós. Não podemos dizer o quanto essas figuras sagradas podem nos fazer bem.

Texto: PHILIP KOSLOSKI
Fonte: ALETEIA