Últimas
Orações para a Segunda Semana do Advento
Domingo - Algumas vezes, Senhor, eu considero minha vida como uma v
II Domingo do Advento (Ano C)
Podemos situar o tema do II domingo do Advento à volta da missão
08 de dezembro - Imaculada Conceição
O dogma da Imaculada Conceição, proclamado a 8.12.1854 por Pio
Mais Lidas

Destaque

Próximos Eventos

Qua Dez 12 @ 8:00PM -
Terço dos Homens
Qui Dez 13 @ 3:00PM -
Terço da Misericórdia
Qui Dez 13 @ 8:00PM -
Grupo de Oração
Qui Dez 20 @ 3:00PM -
Terço da Misericórdia
Qui Dez 20 @ 8:00PM -
Grupo de Oração

Setembro.... mês da Bíblia

 

Deus não é um tirano que nos deixa às escuras, exigindo sem ter dito o que deseja. Não nos deixou investigando os astros, a fim de sabermos o que ele quer. Muito concretamente, em 73 livros deixou nos escrita a sua vontade: é a Bíblia, Testamento de Deus para o homem e para o mundo.

Deus não revelou sua vontade com discursos misteriosos, mas através da história de um povo, o judeu. Estes foram conhecendo a vontade de Deus através dos acontecimentos de sua história. Gota a gota, a bondade divina se revelou num período de mais de dois mil anos.

E, quando os tempos estavam maduros, revelou se em seu Filho Jesus Cristo. Mistério da bondade divina: por amor a nós, e pela nossa salvação, enviou nos seu Filho, que iluminou de modo definitivo e verdadeiro toda a história humana! Encerrou se assim a revelação.

Surgiram, surgem e surgirão outras revelações, mas serão humanas. Já está escrito o que precisamos saber para a nossa salvação. Daqui até o fim dos tempos, a missão humana é conhecer a vontade de Deus e vivê la.

Erramos ao buscar na Bíblia aquilo para o qual não foi escrita: história, ciência, geografia, astronomia. A ciência aparece nela, mas limitada ao conhecimento do tempo em que foi escrita. Na Bíblia encontramos, sem erro ou engano, tudo aquilo que Deus quis que fosse escrito para a nossa salvação. É o livro da salvação, e não do conhecimento humano. Ela nos traz, de modo perfeito, o plano de Deus sobre o homem e o mundo, para conduzi los à perfeição final.

A verdade é simples e direta. Por isso os homens continuam em busca de curiosidades, preferindo novidades espetaculares à sobriedade da Palavra de Deus. Buscando a Verdade, a encontraremos. Buscando novidades, teremos de inventá las, e não faltará quem nelas acredite.

Só se pode ler proveitosamente a Sagrada Escritura em espírito de oração. Se não invocamos o Espírito Santo antes da leitura, tudo parecerá incompreensível e misterioso. Conduzidos pelo Espírito, a Verdade saltará de cada palavra, de cada página revelada. Alguns dizem que a Bíblia é difícil, que "faz mal à idéia", que tal pessoa "ficou doida depois de ler o Apocalipse", e outras bobagens mais.

Seria trágico se a Bíblia, carta de Deus a seus filhos, não fosse compreensível, ou fizesse mal. É que tem gente que a lê com espírito humano, e nela busca revelações misteriosas. Realmente, ficará confuso.

Devemos ler a Bíblia como discípulos, buscando o caminho para a vida plena, e não como curiosos à cata de novidades.

A Palavra de Deus nos libertará, a Verdade tomará conta de nossa inteligência, e assim nossos caminhos serão os caminhos de Deus.


 
Leia também...

A Bíblia, a tradição e o magistério  
Cuidemos de nossa casa comum  
Propostas para escutar a Palavra   
Santo Livro

Bíblia: o livro da unidade

 

 

: